PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

XANDE DE PILARES

XANDE DE PILARES

           

         

Nome Completo: Alexandre Silva de Assis

       

Ano de nascimento: 1969

           

                                                                     

Considerado um dos maiores nomes do samba e do pagode da atualidade, o carioca Xande de Pilares não conteve as lágrimas quando na madrugada do dia 12 de outubro de 2013 saiu o resultado de que seu samba foi escolhido para ser a trilha sonora do desfile da Acadêmicos do Salgueiro no carnaval de 2014. "Depois de cinco finais consecutivas agora eu posso falar que sou campeão", desabafou.

Xande é líder e um dos fundadores do Revelação, um dos grupos mais bem-sucedidos na categoria pagode. Há cerca de dez anos ele disputa samba na Academia. Mas seu envolvimento com o Salgueiro começou bem antes, ainda na adolescência. Em 1987, quando a vermelho e branco desfilava com o enredo "E por que não?", de autoria do mesmo Renato Lage, que assina o enredo "Gaia, a vida em nossas mãos", vencido por Xande, o músico também estava na Sapucaí ajudando a empurrar carros alegóricos da escola de seu coração.

Quando menino, o pequeno Alexandre ia com a mãe às rodas de samba do Clube Esperança, no Morro da Chacrinha, no Rio de Janeiro, onde a via cantar ao lado de uma banda repleta de instrumentistas de sua família. Autoditada, aos dez anos de idade já tocava violão. Logo depois aprendeu a tocar cavaquinho, com o auxílio do livro "Escola moderna do cavaquinho", de Henrique Cazes. O músico afirma que aprendeu a criar versos de improviso com os palhaços da Folia de Reis.

No início da década de 1990, Xande e outros amigos, entre eles, Mauro Júnior e Rogerinho, participavam de pagodes de mesa na quadra da GRES Arranco do Engenho de Dentro. Logo em seguida, os rapazes fundaram o Grupo Revelação, que nesta época fazia muito sucesso nos bares e rodas de samba cariocas, o que acabou atraindo o interesse da gravadora BMG, que ofereceu um contrato para o primeiro disco da turma em 1999. A partir daí o grupo multiplicou sua agenda de shows e emplacou vários hits nas paradas, além de oferecer canções de sucesso para nomes consagrados do samba como Beth Carvalho, Leci Brandão, Arlindo Cruz, Diogo Nogueira, Leandro Sapucahy, Joyce Candido, entre outros.

A vontade de ganhar um samba enredo na sua escola de coração sempre foi muito presente para Xande, que começou a disputar a partir do enredo "Do fogo que ilumina a vida, Salgueiro é chama que não se apaga" (2005). Desde então, o compositor sempre colocou samba na disputa, chegando às finais em cinco oportunidades. Em 2012, Xande participou da gravação do CD oficial do Grupo Especial, na faixa da Mangueira, quando a verde e rosa homenageou o cinqüentenário do bloco carnavalesco Cacique de Ramos, além de participar do desfile no sambódromo. No ano seguinte, foi convidado pela presidente do Salgueiro, Regina Celi, a fazer parte do grupo de intérpretes oficiais da escola, formado por ele, Quinho, Serginho do Porto e Leonardo Bessa. Para 2015, conquistou o bicampeonato de samba na Academia.

Além de excursionar com o Revelação e freqüentar o Salgueiro, Xande de Pilares também está no elenco fixo do Esquenta, atração dominical apresentada por Regina Casé, na Rede Globo. É considerado por muitos bambas do meio, como um dos melhores versadores de partido alto.
Inicio: meados dos anos 80, no Salgueiro

2012 - Mangueira (participou da gravação da faixa do CD)
Desde 2013 - Salgueiro (integra o grupo de intérpretes oficiais, junto com Quinho, Serginho do Porto e Leonardo Bessa).

GRITO DE GUERRA: É Deus que aponta a estrela que tem que brilhar!

CACOS CARACTERÍSTICOS: "muita calma nessa hora"; "alô bateriiiaaa"; "deixa acontecer naturalmente" (também aparecem durante os shows do Revelação).

SAMBAS DE SUA AUTORIA: "Gaia - A vida em nossas mãos" (Salgueiro/2014, com Betinho de Pilares, Dudu Botelho, Jassa, Miudinho e Rodrigo Raposo), "Milênios da Tradição, História e Cultura - A Imperatriz Celebra a China" (Imperatriz Leopoldense/2014 com Celso Lopes e Serginho do Porto) e "Do Fundo do Quintal, Saberes e Sabores na Sapucaí" (Salgueiro/2015, com Betinho de Pilares, Jassa, Miudinho, Luiz Pião e W. Corrêa).

DISCOGRAFIA (COM O GRUPO REVELAÇÃO):
Revelação (2000)
Nosso samba virou religião (2001)
Ao vivo no Olimpo (2002)
O melhor do pagode de mesa (2002)
Novos tempos (2003)
Ao vivo: Na palma da mão (2004)
Maxximum: Grupo Revelação (2005)
Ao Vivo no Olimpo (DVD, 2005)
Velocidade da luz (2006)
100% Revelação (2007)
Aventureiro (2008)
Ao Vivo no Morro (CD e DVD, 2009)
Ao Vivo no Morro 2 (CD e DVD, 2010)
360° Ao Vivo (CD e DVD, 2012)


OUTRAS FOTOS DE XANDE DE PILARES


Os intérpretes oficiais do Salgueiro: Leonardo Bessa (esq), Xande de Pilares, Serginho do Porto e Quinho (de chapéu)


Xande (à esq) em carro alegórico no desfile da Mangueira em 2012, junto com Alcione, Luizito e Dudu Nobre


Fina flor do pagode: Dudu Nobre, Xande, Jorge Aragão, Ivo Meirelles e Bira Presidente do Fundo de Quintal


Xande de Pilares e parceiros cantando o samba vencedor que o Salgueiro leva para a avenida no carnaval de 2014


Xande e a presidente do Salgueiro Regina Celi, na quadra do Salgueiro


Xande e Regina Casé durante gravação do programa Esquenta


Xande de Pilares (ao centro, em 1º plano) e a rapaziada do Grupo Revelação durante show