PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

TIÃOZINHO CRUZ

TIÃOZINHO CRUZ

      

     

 

 

       Nome completo: Sebastião Bento da Cruz     

 

 

 

       Ano de nascimento: 1963

      

           

                                                                     

   
         Um intérprete que há muito tempo está merecendo uma oportunidade numa grande escola do Grupo Especial. Esse é Tiãozinho Cruz. Dono de um timbre privilegiado, voz grave e bem empostada, é um cantor que fortalece os sambas que interpreta na avenida.

Sua estréia na Sapucaí como intérprete principal aconteceu em 1992, defendendo o samba “Baía com i”, na Unidos de Lucas. Uma nova oportunidade surgiu em 95, ao cantar “Um sonho em verde e rosa”, na Lins Imperial, substituindo Celino Dias.

Tiãozinho viveu os dois últimos bons momentos da Em Cima da Hora no carnaval – nos desfiles de 1999 e 2000. Após um período defendendo sambas nas disputas internas das escolas, retornou à Sapucaí em 2002, com o reerguimento da União de Jacarepaguá, conduzindo o elogiado samba “Asas, sonhos de muitos, privilégio de poucos e tecnologia de todos”. O cantor esteve à frente da Acadêmicos do Cubango de 2004 a 2008, e retornou à agremiação niteroiense em 2010, saindo logo após o carnaval. Durante 2004, na época das eliminatórias, defendeu com maestria o samba-enredo que a Imperatriz levaria para o carnaval 2005. Em 2011, voltou à Em Cima da Hora, onde o intérprete é tão querido pela comunidade. Em 2012, foi a principal voz do Império Serrano ao lado de Freddy Vianna. No ano seguinte, defendeu a Unidos de Vila Santa Tereza na Série Ouro. Desde 2015, é o cantor principal da União de Jacarepaguá na Intendente, regressou à agremiação depois de 13 anos.

        Tiãozinho Cruz é um dos poucos intérpretes que conseguem conciliar bem uma condução correta do samba com a inclusão de cacos de empolgação para fazer vibrar os componentes da escola e o público presente nas arquibancadas. Também é compositor, com sambas feitos para a Unidos da Ponte e Arrastão de Cascadura.

         Marcou presença também no carnaval virtual 2009, 2011 e 2012 da LIESV, defendendo a Gaviões Imperiais. Em 2013, foi o responsável pelo microfone da Bohemios Samba Club. No ano seguinte, cantou o samba virtual da Cupincha de Campo Grande.

 
Primeiro ano como intérprete oficial: 1992 (Unidos de Lucas)

1992 – Unidos de Lucas

1995 – Lins Imperial

1999 e 2000 – Em Cima da Hora

2002 – União de Jacarepaguá

2004 a 2008 – Acadêmicos do Cubango

2009, 2011 e 2012 - Gaviões Imperiais (LIESV)

2010 - Acadêmicos do Cubango

2011 - Em Cima da Hora

2012 - Império Serrano (ao lado de Freddy Vianna)

2013 - Unidos de Vila Santa Tereza

2013 - Bohemios Samba Club (LIESV)
2014 - Cupincha de Campo Grande (LIESV)
Desde 2015 - União de Jacarepaguá

 

GRITO DE GUERRA: Sssim, comunidade. No clima, no cliiiimaaa...

 

CACOS DE EMPOLGAÇÃO:uah! que bonitinho”; “pintou um clima”; “que Papai do Céu abençoe a quem merece”; “vamos cantar, vamos cantar”; “tá tranqüilo, tá tranqüilo”; “vamos chegando”; “vamos cantar, comunidade”; “alô, bateria”; “no cliiimaaa, gente”; “canta aí, Velha Guarda”; “em cima, gente”; “tá certo sim, meu presidente”; “samba aí, minhas crianças”.

 

SAMBAS DE SUA AUTORIA:O samba é minha voz” (Ponte/99, com Bell, Guedes, Jorge P, Mário Tomé e Sidney Marcelo); “Brasil, mostra a tua cara” (Arrastão/2001, com Ailton Mililiu e Bira do Doce; “Tem jangada no mar, hoje tem Arrastão” (Arrastão/2003, com Cosminho, Kakalo, Kao, Marçal e Natal); “Quem tem padrinho desfila com emoção nos 30 anos do Arrastão” (Arrastão/2004, com Alika, Natal, Pinel  Simpatia e Roberto Iguaçu) e "O Caminho das Águas Sagradas" (Santa Tereza/2013, com Carlos Ferreira, Rafael Gigante, Robert Farrow, Vinicius Ferreira e Victor Rangel).

Premiações: Sambanet de melhor intérprete do Grupo A em 2007.

 MAIS FOTOS DE TIÃOZINHO CRUZ


Com Antônio Carlos (durante as gravações do CD LIESV 2009)


Se dirigindo ao estúdio para gravar o samba da Gaviões Imperiais (LIESV) em 2009


Na sua estreia como intérprete, desfilando com a Unidos de Lucas em 1992 (foto: Igor Munarim)