PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

PÉROLA NEGRA – 2018

PÉROLA NEGRA – 2018

Enredo: Numa viagem arretada por terras nordestinas, a Joia Rara do Samba embarca no Trem do Forró rumo ao maior São João do Mundo: Campina Grande
Compositores: Edilson Casal, Minuetto, Victor Sampaio, Felipe Dingo, Portuga, Gui Cruz, Luciano Rosa e Vitor Gabriel

Olhe pro céu, veja a lua reluzir
Se achegue mais, meu amor, o trem já vai partir
Sou mais um cabra da peste,
Rumo ao nordeste, Pro maior São João
Tem festança e alegria no arrasta-pé
Pra desbravar esse mundão
Oh minha Nossa Senhora! Valei-me meu Padim Ciço!
Nos guiai por essa terra, de gente arretada
Pelo sol tão castigada

Vou bater tambor, me carregar de axé
Cantoria a noite inteira, êta povo de fé! (bis)
Vem dançar o frevo, jogar capoeira
Bumba meu boi, vai levantar poeira

O teu sabor é bom demais,
Gostoso é o tempero que “mainha” faz
Na tradição, a cultura popular
Arte e bravura, tanta estória pra contar
Um céu bordado de estrelas
Enfeita a noite do sertão
No meu destino, fogueiras e balões
Um chamego do meu xodó
Puxe o fole sanfoneiro,
Que hoje o samba vai virar forró

Se avexe não, se avexe não, vem pra cá…
A Vila Madalena é o meu lugar!
(bis)
Pérola Negra eu sou, nos trilhos do sertão
Campina Grande é festa, é tradição!