PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

FORMIMANGA DO C.A.M.

FORMIMANGA DO C.A.M.

PRESIDENTE Tio Ju
CARNAVALESCO Gabi da Lu
INTÉRPRETE  César Maia
CORES  Amarelo, Ouro e Preto
FUNDAÇÃO 31/03/2012
CIDADE-SEDE Rio de Janeiro-RJ
SÍMBOLO Gongolo

O GRESV Formimanga do Condomínio Alfredo de Morais (CAM) estreará nos grupos de cima da LIESV em 2017, após o terceiro lugar no CAESV em 2016. A escola surgiu em meio a uma roda de samba ao pé de uma frondosa mangueira no Condomínio Alfredo de Morais, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O amarelo, ouro e preto são as cores dos prédios do condomínio. Já o termo "Formimanga" vem dos gongolos que infestam a referida mangueira. A escola estreou no Carnaval Virtual em 2013.

Ano

Enredo

Colocação

2017 Bangu é muito mais que calor... -º (A)
2016 Lendas e Mistérios do Folclore Brasileiro 3º (CAESV)
2013 A Odisseia de Pet ao Paraná 13º (CAESV)
  
SINOPSE ENREDO 2017

Bangu é muito mais que calor...


Sinopse

Quem disse que Bangu é só calor? “Bangu é muito mais que calor…” É história e tradição!

Em 1840, Manuel de Barcelos Domingos ganhou de presente a Fazenda Bangu, que era na verdade uma sesmaria. Surge então um povoado e um engenho, conhecido como Engenho da Serra, embrião de um dos bairros mais quentes do Rio de Janeiro: Bangu.

Mas o desenvolvimento veio muito depois, já no século XIX, com a fábrica de Tecidos Bangu. Por essa época, uma grande via de transporte foi muito importante, a Estrada Real de Santa Cruz, que ligava as sesmarias da região ao centro da cidade. A fábrica de tecidos trouxe muitos ingleses para Bangu e fez com que a arquitetura das construções ganhasse aspectos londrinos.

O comércio passa a crescer e surge a malha ferroviária que faz com que os moradores da região possam trabalhar em outros bairros, como Santa Cruz e Campo Grande.

O bairro cresce e surgem opções culturais como o Grupo Carnavalesco Flor de Lira e a Sociedade Cultural Cassino Bangu. Um grande patrimônio do bairro também nasceu por esses tempos, paixão de muitos banguenses, o Bangu Athletic Club, o alvi-rubro da Zona Oeste, criação de operários  ingleses da fábrica de tecidos e que possui dos campeonatos cariocas e um vice-campeonato brasileiro e que tem o hino composto pelo célebre Lamartine Babo.

O bairro também é celeiro de bambas. Vizinho de Padre Miguel, terra das tradicionais Mocidade Independente e Unidos de Padre Miguel, o samba corre na veia dos moradores do bairro. Nas favelas o samba pega fogo com a Unidos de Bangu, maior escola de samba do bairro, expoente da região.

Enfim, o bairro de Bangu é um lugar maravilhoso, famoso no país inteiro, em parte pelo futebol, pelos presídios e principalmente pelo forte calor.

Viva Bangu! 45 graus de pura emoção! O Gongolo Formimanga faz a festa na terra do calor!


Voltar ao Espaço LIESV