PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

DOUGLINHAS

DOUGLINHAS

      

   

 

 

 

 

 

     Nome completo: Douglas Aguiar 

    

       

     Ano de nascimento: 1959

     

                                                                    

Douglinhas é um dos melhores interpretes que o carnaval paulistano possui nos dias de hoje, sendo um dos puxadores na melhor dupla de interpretes vimos nessa década: “Serginho do Porto e Douglinhas”, na Águia de Ouro.

O seu começo, como interprete, no mundo do samba veio através da (na época) humilde Perola Negra, e São Paulo. Mas era como compositor que Douglinhas vinha fazendo sucesso. Foi autor do samba da Tom Maior em 1989, para onde se mudou, após vencer a eliminatória. Em 1990, o interprete substituiu o grande Robertinho da Tijuca nos cacos da Mocidade Alegre, após vencer (com um belíssimo samba) a eliminatória na escola do Bairro do Limão.

Assumiu o microfone da Águia de Ouro, escola na qual se consagrou, sendo até hoje lembrado como um dos grandes nomes da Pompéia. Foi o interprete oficial por mais de uma década, até mesmo, quando a escola trouxe Serginho do Porto para reforçar o carro de som. Quando imaginava-se uma saída de Douglinhas, a dupla se firmou, sendo responsáveis por 3 belos carnavais na escola. Os anos dividindo o carro de som, rederam uma amizade, tanto que em 2001, Douglinhas se aventurou no Rio, na Império da Tijuca (Escola em que Serginho do Porto fazia parte). Mas o grande convite do amigo veio em 2005, quando Serginho o convidou para fazer parte do carro de som da Caprichosos de Pilares. Nesse carnaval, ambos deixaram a Águia de Ouro. Mas Douglinhas não ficou fora da folia paulistana: Veio no carro de som da Mancha Verde, como apoio de Vaguinho, abrindo o carnaval da cidade. Foi na mesma Mancha Verde, que em 1996, Douglinhas compôs o 1º samba da agremiação, que na época, era um Bloco carnavalesco.

Em 2006, quando Serginho retornou a Águia de Ouro, esperava-se que Douglinhas viesse junto. Mas o interprete preferiu assumir o microfone na X-9 Paulistana, que perdia Royce do Cavaco para a Tom Maior. Em 2007, retornou a escola que o revelou como interprete: a Perola Negra. Conseguiu manter a agremiação da Vila Madalena no Grupo Especial, e foi o grande nome da escola na avenida até 2013, quando anunciou seu desligamento da escola após a escolha do samba para 2014. Em 2015, voltou à Águia de Ouro.

Douglinhas não é apenas um interprete do carnaval paulistano. Também possui uma carreira paralela de cantor, na qual já fez algumas excursões pelo mundo, passando por Portugal e Japão. Faz parte do Grupo Quesito Melodia, no qual vem acompanhado por outros grandes nomes do carnaval de São Paulo: Carlos Junior, Darlan e Vaguinho. Em 2010, esteve no carnaval virtual da LIESV defendendo a GRESV Princesa da Zona Norte.


INÍCIO: Começou na Perola Negra, em 1986.
De 1986 a 1988 – Perola Negra (SP)
1989 a 1990 – Tom Maior (SP)
1990 – Mocidade Alegre (Apoio de Carlão Maneiro; Fez os cacos na Gravação Oficial)
De 1991 a 2004 – Águia de Ouro (Dividiu o microfone com Silvinho em alguns carnavais dos anos 90. Em 1993, gravou o samba, mas na avenida veio ao lado de Royce do Cavaco; e de 2002 a 2004 dividiu com Serginho do Porto)
2002 - Império da Tijuca (Apoio de Jackson Nogueira)
2005 – Caprichosos de Pilares (Apoio de Serginho do Porto) e Mancha Verde (Apoio de Vaguinho)
2006 – X-9 Paulistana (com Edson Dino) e Sangue Jovem (Santos-SP)
2007 a 2013 – Perola Negra
2010 a 2011 - Samuca (Rio Claro-SP)
2010 - Princesa da Zona Norte (carnaval virtual)
2014 - Samuca (Rio Claro-SP)
Desde 2015 - Águia de Ouro (em 2017, ao lado de Fernandinho SP)

GRITO DE GUERRA: Alô (Bairro da Escola), tá todo mundo aí!? Ah, Muleque!

GRITOS DE EMPOLGAÇÃO: Simb’ora meu povão de (bairro da escola); Ah, Muleque!; Vam’bora, Vam’bora, Vam’bora!; Que a luz divina nos ilumine, no caminho da vitória!; Chegou a hooora!; Alô Harmonia; Aê, rapaziada do barracão; Nossa Senhora!; Alô Bateria... dá um show!; Sai do Chão; Beleza!.

SAMBAS DE SUA AUTORIA: Águia de Ouro - 1989, 1991, 1992, 1993, 2016 e 2017. Tom Maior - 1989. Mocidade Alegre - 1990

MAIS FOTOS DE DOUGLINHAS


Na avenida, com o Perola Negra, em 2009.

Com o Perola Negra em 2007.

Voltar à seção Intérpretes