PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

CAN┴RIOS DAS LARANJEIRAS - 1970

CAN┴RIOS DAS LARANJEIRAS - 1970

Enredo: Ganga Zumba

Autor(es): Carlinhos Sideral e Colid Filho


O negro

Escolheu a liberdade

Sem saber que a igualdade

Era um sonho que passou

Ao negro

Revoltava a realidade

Dando a vida a mocidade

Pelas moendas do senhor

Um dia

Nos caminhos dos Palmares

Forte vento, sopra os ares

Foi rei Zumbi que ordenou ˘˘˘

Invocando o deus da guerra

Entre vales, rios, serras

As lanšas feriam

Luzindo ao sol redenšŃo

 

E no acesso da batalha

Pelo solo a mortalha (bis)

Do amor que trazia

TŃo puro no seu corašŃo

 

Ganga Zumba ˘˘˘˘

Ogu saruŕ

Oloru Modukŕ

Ganga Zumba ˘˘˘˘

Quem foi que deu ao Brasil mais amor

 

Foi um negro, foi um bravo

Que o Brasil abenšoou (bis)

Na senzala foi escravo

No quilombo foi senhor