PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

UNIDOS DE BANGU - 2020

UNIDOS DE BANGU - 2020

Enredo: Memórias de um Griô: a diáspora africana numa idade nada moderna e muito menos contemporânea
Autores: Dudu Senna, Diego Nicolau, Richard Valença, Renan Diniz, Orlando Ambrósio, Lucas Donato, Lico Monteiro, Marcio de Deus, Jefferson Oliveira, Domenil, Denilson do Rozário e Telmo Motta

Ah! Saudade ressoou o meu tambor
Num pedaço de terra consagrado na memória
Ôô eu sou um Griô
Viaja o tempo nos rumores da história
Nesse chão debrucei toda força de um rei
Um ébano elo com a natureza
Mas a traição me tornou o alvo
Escravo de quem era minha certeza

Mar me leva, dor no mar
Sou o par da angústia
Tanto irmão à minha volta
(bis)
Na revolta da maré
Nego tem que ter fé...
Ê... nego tem que ter fé

Sou eu, a mão que assina a própria sorte
Resistindo a natural pena de morte
Um dia fui escravo da tristeza
Hoje realeza livre do açoite
No samba fiz morada
Refúgio feiticeiro, a tez da noite
Na desfaçatez da madrugada
Guerreiro, Ogã ou Rainha
Juiz, defensor dessa gente
Na luta a vitória é minha
Nos braços não pesam correntes

Ie ie ê alafiá
Ie ie ê alafiá (bis)
Meu sangue é a retinta majestade
Eu sou Bangu, o Ilê da liberdade