PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

OS SAMBAS DO ACESSO DE 2001

Os sambas de 2001 - Acesso A

1 - Estácio  - Samba que traz uma letra coesa e melodia um tanto quanto acelerada, mas nem por isso ruim, pois cai como uma luva  para a bateria da escola. O resultado final é bom, mantendo a tradição da escola de apresentar um bom samba e uma boa bateria, quesitos que ajudam a diferenciá-la como uma das mais tradicionais agremiações do carnaval carioca. NOTA DO SAMBA: 9,3 (Cláudio).

Um samba ao estilo da Estácio. Melodia grave. Samba que pede um ritmo acelerado e, por isso, casa perfeitamente com a bateria da escola, forte e vibrante como na gravação do CD. A melodia poderia inovar mais nas variações, já que a mesma é quase reta. A letra é bem interessante, contando com clareza o belo enredo. NOTA DO SAMBA: 9,2 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba

2 - Santa Cruz - O samba começa bem, mas se torna cansativo. Além disso, a história de Mario Lago não foi muito bem retratada. Traços marcantes de sua vida, como o samba ''Ai que saudades de Amélia'' e o comunismo, foram muito mal explorados na letra . NOTA DO SAMBA: 8,9 (Cláudio).

Samba que homenageia um dos dos grandes homens brasileiros: Mario Lago. A letra do samba é bem feita, retratando bem a vida do homenageado. A melodia fica pra trás, tendo pouca qualidade. Faltou melodia com maior riqueza poética, bem aos moldes de Mario Lago. Mas é uma homenagem bonita. NOTA DO SAMBA: 9 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba

3 - Villa Rica - Além da letra pobre, a melodia parece de marchinha. É o mais fraco samba do disco. NOTA DO SAMBA: 7,8 (Cláudio).

Samba de bloco, assim como o tema. Uma marcha muito fraca e esquecível em todos os sentidos. NOTA DO SAMBA: 7 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba

4 - São Clemente - É um samba que mexe com os brios dos componentes da escola, e que se mantêm fiel as suas características de crítica social bem fundamentada. Show de bola. NOTA DO SAMBA: 9,4 (Cláudio).

Samba que sintetiza com clareza em sua letra belos momentos da história da escola. Recheado de crítica, o samba é a cara da São Clemente. A melodia é pra cima e alegre. Um dos melhores sambas do ano no Acesso A. NOTA DO SAMBA: 9,5 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba 

5 - Boi da Ilha  - Emociona ver uma escola até então desconhecida do público em geral trazer um samba do porte desse Orun Ayê, que nos lembra hinos antológicos de outras escolas do acesso, como ''Magia africana no Brasil e seus Mistérios'' (Tijuca-75), ''No mundo encantado dos deuses afro-brasileiros'' (Tijuca-76), ''Loguns - Príncipe de Efan'' (Arranco-77), ''De Daomé a São Luís, a pureza mina Jeje (Cabuçu-81) e ''A Visita do Ony de Ifé ao Oba de Oyó'' (Cabuçu-83). Diante de tudo isso, a nota não poderia ser outra senão a máxima. NOTA DO SAMBA: 10 (Cláudio).

Surpreendendo as demais escolas do grupo, o Boi da Ilha, que há pouco tempo era um bloco da Ilha do Governador, estréia no Grupo A com o melhor samba do grupo, disparado, atropelando as co-irmãs com facilidade. Mantendo a tradição de que temas afros dão ótimos sambas, o Boi da Ilha trouxe um samba de melodia forte em sua primeira parte e no seu refrão do meio. Já em sua segunda parte, varia para uma melodia muito bonita, poética e suave, explodindo em seu refrão principal, pra cima. A letra é muito bonita também. Grande samba. NOTA DO SAMBA: 10 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba 

6 - Unidos da Ponte - Outro samba que emociona, sobretudo por contar a história dessa simpática agremiação do nosso carnaval, que atualmente não anda nada bem das pernas. É digno de nota também o show que a bateria deu durante a gravação da faixa, uma das melhores do CD. NOTA DO SAMBA: 9,7 (Cláudio).

A escola se auto-homenageia neste samba com muita competência, provando que, às vezes, a solução para a falta de dinheiro está dentro de casa. A escola buscou em suas raízes o tema e dele extraiu um samba de letra e melodia simples, mas com beleza. Um samba simples e bonito. NOTA DO SAMBA: 9,5 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba 

7 - Inocentes de Belford Roxo - Samba imenso, que fala sobre um tema que nada tem a ver com o carnaval carioca, a região dos Lagos, maior reduto de patricinhas e pitboys do estado do Rio em épocas de carnaval. O resultado é um hino cansativo, que deve ter deixado com sono o público que compareceu a Sapucaí para assistir ao desfile. NOTA DO SAMBA: 8,6 (Cláudio).

Gosto de sambas longos, desde que possuam uma letra bonita. Não é o caso deste samba, que às vezes mostra requinte de letra, e em outros momentos descamba para a vulgaridade. O mesmo acontece com a letra. Tanta irregularidade acabou com o samba. NOTA DO SAMBA: 7,5 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba 

8 - Império da Tijuca - Bom samba. A letra é bem elaborada e fala com precisão sobre a história da cidade. A melodia é boa, e cresce diante da boa interpretação dada a ela pelo competente Serginho do Porto. NOTA DO SAMBA: 9,3 (Cláudio).

Samba fraco, sem inspiração. Seus refrões são cansativos. A letra tem muitos clichês e a melodia não é bonita. NOTA DO SAMBA: 7,5 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba 

9 - Porto da Pedra - Outra boa faixa desse belo CD. É um samba envolvente, de letra fácil e melodia animada, que ajudou a escola a subir juntamente com a São Clemente. NOTA DO SAMBA: 9,4 (Cláudio).

Samba de construção simples. A melodia tem poucas, mas bonitas variações. A letra é simples, mas tem na clareza sua maior virtude, pois passa o enredo com perfeição. Os refrões são bons. Destaque para o refrão do meio. NOTA DO SAMBA: 9 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba 

10 - Em Cima da Hora - É outro samba grande, mas nem por isso ruim. Tem uma letra boa e uma melodia funcional. Na avenida, porém não funcionou, e fez com que a escola, que quase subiu no ano anterior, iniciasse seu caminho rumo ao fundo do poço. NOTA DO SAMBA: 9,1 (Cláudio).

Outro samba longo. Mas diferente da Inocentes, este samba tem uma letra mais engajada ao seu tema, com trechos poéticos. A melodia se perde em alguns momentos, pecando pela irregularidade. Neste ano, a escola começou sua queda vertiginosa, infelizmente. Para o bem do samba, todos que amam o carnaval esperam que se faça algo pela salvação da Em Cima da Hora, uma das escolas mais tradicionais do carnaval carioca. NOTA DO SAMBA: 9 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba 

11 - Leão de Nova Iguaçu - Tem muita escola do Especial que gostaria de ter um intérprete do porte do Pixulé e não consegue. Nesse CD, ele mostra toda sua força, dando vida a uma faixa politicamente correta, mas sem sal. NOTA DO SAMBA: 8,9 (Cláudio).

Se falta um melhor cuidado com a letra deste samba, não falta alegria à sua melodia. O samba serviu muito bem ao desfile da escola, que estava voltando ao Grupo A. Samba cuja alegria e descompromisso são marcantes. Bom momento do Leão. NOTA DO SAMBA: 9 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba 

12 - Vila Isabel - Quem viu a Vila de outrora, com seus sambas que marcaram época, deve ter sentido arrepios diante desse que é um dos mais fracos sambas da escola, equiparando-se por exemplo, ao de 1978, outro fracasso. NOTA DO SAMBA: 8,6 (Cláudio).

Samba pouco inspirado, totalmente diferente da Vila. Letra com passagens vazias como "Laia laia... que maravilha a magia está no ar" . A melodia só fica interessante na segunda parte do samba, mais grave e poética. No restante, ela se perde. A Vila estreava com pé esquerdo no Grupo A. NOTA DO SAMBA: 8 (Franclim). Clique aqui para ver a letra do samba