PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

Os sambas de 1986 - Acesso A

Os sambas de 1986 - Acesso A

GRAVAÇÃO DOS DISCOS - 1986 não foi um ano bom para sambas no Acesso. Com exceção da Unidos do Jacarezinho e da Acadêmicos do Engenho da Rainha, todos os outros sambas são abaixo da média. Cabe lembrar que, neste ano, os sambas do grupo 1-B foram divididos em dois LPs – o primeiro, que trouxe São Clemente, Lucas, Santa Cruz, Engenho da Rainha e Em Cima da Hora, tinha a presença das escolas do Grupo 1-A que ficaram de fora do disco do respectivo grupo. As demais fizeram um segundo LP juntamente com as escolas do Grupo 2-A. 

SÃO CLEMENTE – O enredo, criticando as epidemias que infestam o Brasil, deu origem a um samba extremamente crítico, com a cara da escola. Tem um “quêsinho” de trash, principalmente no refrão de gosto duvidoso “Ai de mim / É AIDS sim! / Paetês e silicones desfilando por aí”, mas o resultado final é interessante. NOTA DO SAMBA: 8,8 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

UNIDOS DE LUCAS - A Copa de 1986 estava mexendo com a cabeça do brasileiro. Várias escolas citaram o futebol em seus enredos. O Galo da Leopoldina apostou no tema e não foi feliz. O resultado é um dos piores sambas de sua história e um desfile que quase a fez cair de grupo. A partir daí, a escola deu uma guinada e apresentou uma seqüência de bons sambas nos anos posteriores. NOTA DO SAMBA: 6,8 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

SANTA CRUZ – Novamente, Aroldo Melodia é quem interpreta o samba da escola. O resultado é um samba animado, mas sem grande destaque. O refrão é simples, mas funciona bem no contexto da obra. NOTA DO SAMBA: 8,2 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

ENGENHO DA RAINHA – Samba lindíssimo, de melodia emocionante e letra bem construída. Lembra um pouco os sambas mais antigos. Os refrões são fortes e grudam no ouvido. Recebeu o Estandarte de Ouro de melhor samba do Grupo 1-B. Achei que o samba da Unidos do Jacarezinho rendeu melhor no desfile, apesar deste aqui ser mais rico em letra e melodia. NOTA DO SAMBA: 9,9 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

EM CIMA DA HORA – Samba agradável, de melodia genérica, letra comprida e bem construída, que retrata claramente o enredo - uma visão irreverente da história do Brasil. A escola não manteve o nível dos sambas dos anos anteriores, mas a obra, em si, tem suas qualidades. NOTA DO SAMBA: 8,9 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

JACAREZINHO – Um dos melhores sambas da história da Unidos do Jacarezinho, a homenagem à Candeia rendeu uma faixa de melodia emocionante e letra bem construída, com refrões fantásticos, principalmente o segundo – “Olha o jongo, boi-bumbá / Olha o maculelê / Capoeira vou jogar”. Trilha sonora do desfile campeoníssimo da escola. NOTA DO SAMBA: 10 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

ARRANCO – Lembra um pouco os sambas das escolas de São Paulo da época - é bem marcheado, a melodia tem algumas variações incomuns e a letra é bem irreverente. O Arranco foi outra escola a mencionar o futebol em seu enredo, que tinha como tema principal o ambiente de botequim. O samba, no entanto, não chega aos pés da obra do ano anterior. NOTA DO SAMBA: 7,4 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

UNIÃO DE JACAREPAGUÁ – Samba de melodia genérica e letra recheada de clichês. A escola sempre apresentou bons sambas quando desfilou no grupo de acesso, tendo um impressionante número de Estandartes de Ouro. Infelizmente, o samba de 1986 foi uma exceção, tendo pouca qualidade. A escola acabou amargando o último lugar na classificação. NOTA DO SAMBA: 6,9 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

CORDOVIL – Trilha sonora de um surpreendente desfile da escola. A Independentes de Cordovil, como a maioria das escolas que enrolaram suas bandeiras nos últimos anos, era uma verdadeira fábrica de sambas trash. No entanto, este é agradável e tem boa melodia. Não é uma obra-prima, mas está acima da média de 1986. NOTA DO SAMBA: 8,7 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba