PRINCIPAL    EQUIPE    LIVRO DE VISITAS    LINKS    ARQUIVO DE ATUALIZAÇÕES    ARQUIVO DE COLUNAS    CONTATO

Os sambas de 1985 - Acesso A

Os sambas de 1985 - Acesso A

GRAVAÇÃO DO DISCO - Talvez a melhor safra de samba da história do Acesso. Apesar da presença de um samba trash aqui e ali, o nível é alto, com grandes momentos da Arrastão de Cascadura, Unidos da Ponte, Acadêmicos do Engenho da Rainha e Arranco do Engenho de Dentro. 

1A - SANTA CRUZ – A escola gravou este samba tanto para o compacto com os quatro sambas do Grupo 1-A que não entraram no LP do Grupo 1-A, quanto para este LP. Esta versão é superior porque traz a ótima interpretação de Aroldo Melodia. É um dos sambas mais conhecidos da escola, bem leve e irreverente. O refrão é meio apelativo, mas o resultado final é bacana. NOTA DO SAMBA: 9 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

2A - ARRASTÃO DE CASCADURA – Na minha opinião, este, juntamente com “Frevança”, de 1995, é o melhor samba da história da escola. Mais um samba de Jacy Inspiração. A melodia é envolvente, em tom menor, quase um lamento, combinando com a letra simples, fácil de memorizar. No final, o samba muda para tom maior, entrando forte no refrão final. Excelente! NOTA DO SAMBA: 9,5 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

3A - LINS IMPERIAL - Samba comum, porém muito valorizado pela magistral interpretação de Rico Medeiros. A melodia é muito agradável, apesar da letra não dizer absolutamente nada, sendo uma sucessão de clichês bem amarrado. NOTA DO SAMBA: 8,9 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba 

4A - UNIDOS DA PONTE - A escola trouxe mais um samba irresistível, de letra poética e melodia envolvente. A interpretação de Grilo anunciando a escola (Alô povão meritiense, olha a Ponte aí!!!) era garantia de qualidade. Não chega a ser um “E eles verão a Deus”, mas poucos sambas são. NOTA DO SAMBA: 9,7 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba 

5A - UNIDOS DE PADRE MIGUEL - Samba simplório, que fica ainda mais trash com a interpretação horrorosa de Rutinha, que se utiliza de excessos vocais totalmente desnecessários. A escola foi rebaixada ao som deste boi com abóbora. NOTA DO SAMBA: 5,6 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba 

6A - UNIDOS DE LUCAS - Samba muito crítico e pessimista. A letra á boa e adequada ao enredo. A melodia, no entanto, ficou comprometida por causa da existência de versos longos, que se atropelam, dificultando o canto. NOTA DO SAMBA: 8,6 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba 

1B - ENGENHO DA RAINHA – Sambaço - talvez o melhor do ano, incluindo Grupo 1-A e 1-B. Letra extremamente inteligente e melodia arrebatadora. É um samba valente, coisa difícil de ser encontrado no carnaval carioca. Recebeu, com inteira justiça, o Estandarte de Ouro de melhor samba do Grupo 1-B de 1985. NOTA DO SAMBA: 10 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

2B - ARRANCO – A escola voltava ao grupo 1-B, depois de dois anos no Grupo 1-B. Com um samba excelente, da dupla Espanhol e Sylvio Paulo, de refrão contagiante (Cadê meu boi? Boi-bumbá / Dança comigo carimbó e siriá), o Arranco merecia ter subido para o Grupo 1-A. O samba tem belas variações melódicas e a letra é bem construída. NOTA DO SAMBA: 9,6 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba

3B - UNIDOS DE BANGU – A trilha sonora do último desfile da escola no Grupo 1-B não é ruim, mas peca por não possuir nenhum trecho marcante. Depois disso, a escola foi descendo de grupo até enrolar a bandeira. NOTA DO SAMBA: 8,5 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba 

4B - UNIDOS DA TIJUCA – A escola não merecia ter descido no ano anterior. Fora prejudicada pelo regulamento, que tratou as escolas de domingo diferente das de segunda. A Unidos da Tijuca fez mais pontos que a Império da Tijuca e, mesmo assim, acabou caindo, mesmo já tendo estrutura de escola mediana do grupo 1-A. No grupo 1-B, a escola desfilou muito bem, mas o samba não me agrada, repousando muito em clichês. NOTA DO SAMBA: 8,4 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba 

5B - JACAREZINHO – Samba sem sal, apenas correto. Falta brilho, falta inspiração, falta aquele algo a mais que separa o joio do trigo. Tecnicamente, é bem feito, mas um samba tem de mexer com o sentimento do ouvinte de alguma forma. Este passa totalmente despercebido na audição do LP. NOTA DO SAMBA: 8,2 (João Marcos). Clique aqui para ver a letra do samba